Viva a Blogosfera! (parte 1)

Hoje estamos vivendo um dos períodos mais atípicos da sociedade humana, um período onde cada um deixa de ser um mero espectador e se torna também um formador de opinião, sem precisar ser famoso ou aparecer nas mídias de massa, bastando ter um blog e se expressar através dele. Vendo a proliferação de blogs (muitos dos meus amigos têm um), resolvi escrever um post para falar sobre essa ferramenta tão fascinante e de certa forma revolucionária.

O post será dividido em três partes e abordará tópicos importantes para que você conheça as fascinantes particularidades do mundo dos blogs.

A primeira parte trata do que é um blog e da sua popularização.

Se você viveu em uma caverna nos últimos dez anos, nem faz idéia do que seja um, mas calma eu vou explicar do que se trata, e se você já tem um conhecimento prévio do assunto, porém quer saber mais, esse post é bem útil para esclarecer algumas dúvidas.

Mas o que é esse tal de blog?

O Blog é uma plataforma de site onde as postagens (conteúdo) são, em geral, organizadas de forma cronológica inversa, ao invés de separados em páginas. Uma grande vantagem dos blogs é a forma como eles são manuseados: a sua atualização é rápida e o usuário não precisa necessariamente entender de programação, pois existem milhares de plataformas de fácil manuseio e de graça na internet (as mais famosas são o Blogger e o WordPress). Outra vantagem dos blogs é a interatividade com os leitores, que é feita através de comentários destes, assim permitindo um diálogo do blogueiro com o seu público. Muitos ainda dispõem de ferramentas que lhe permitem agrupar mídias sociais e feeds.

Agora você entende pelo menos um pouco o que é um blog. Agora vamos entender como ocorreu essa proliferação.

A Bolha cresce muito rápido!

Em 1999 o número de blogs era estimado em menos de 50; no final de 2000, a estimativa era de poucos milhares. Menos de três anos depois, os números saltaram para algo em torno de 2,5 a 4 milhões. Atualmente existem cerca de 112 milhões de blogs e cerca de 120 mil são criados diariamente. Mas como explicar essa popularização tão rápida?

Os blogs possuem várias características que causaram essa popularização vertiginosa, vejam algumas delas:

  1. Facilidade de Manuseio: Como eu disse anteriormente para se ter um blog não precisa de conhecimento aprofundado de programação, claro que é ótimo possuir tal conhecimento, mas a falta dele não te deixa excluso do uso da ferramenta. Se antes só quem os usava eram hackers, programadores, e todo tipo de pessoas experts em informática e internet, hoje não precisa ser nenhum Steve Jobs para ser ter acesso à blogosfera, basta saber ler e fuçar nas inúmeras plataformas disponíveis na rede. Isso gerou uma enorme democratização da informação, e fez com que muitos indivíduos ávidos a exporem as suas opiniões e a compartilharem os seus conhecimentos criassem os seus.
  2. Linguagem Simples: A maioria dos blogs possui uma linguagem mais acessível à maioria das pessoas. Linguagem coloquial e de termos simples. Esse tipo de abordagem lingüística atrai o maior número de pessoas. (Obs: Isso não quer dizer que se escreva errado.)
  3. Diversidade de Temas: A blogosfera é gigantesca e possui uma infinidade de temas. Existe blog praticamente pra qualquer público (humor, esporte, religião, política, informação…).
  4. Parcerias: Quase todos os blogs praticam a parceria, onde um expõe o link do blog parceiro na página do seu, isso faz com que as pessoas sempre conheçam o maior número de blogs, e se interessem por eles. Isso gera uma corrente e um divulga o blog do outro. Geralmente as parcerias são feitas por blogs de assuntos relacionados, mas isso não é regra.
  5. Democratização: Como praticamente qualquer pessoa que possuir acesso à internet pode possuir um blog, isso gerou uma democratização da informação. Hoje você pode simplesmente criar um e expor o seu ponto de vista. Isso atrai as pessoas, essa facilidade de ser um anônimo e influenciar é fascinante. Deixamos de ser meros expectadores e nos tornamos parte importante de processo.
  6. Interatividade: Através de comentários os leitores podem interagir com quem escreve, pode ser elogiando, criticando, adicionando, corrigindo e etc. Assim o blogueiro pode conhecer melhor o seu público e saber o impacto que os seus posts estão causando na mentes das pessoas.
  7. Liberdade de Expressão: Agora podemos dar a nossa opinião sobre qualquer assunto. Não somos mais reféns de meios de comunicação em massa, agora temos voz, que é ampliada pela conexão da rede mundial.

No Próximo post falarei como obter sucesso com o seu blog. Abraços e até a próxima.

Artigo escrito por mim, retirado do blog GALOFONE.

Anúncios
Marcado com: , , , , , , , ,
Publicado em Dicas
3 comentários em “Viva a Blogosfera! (parte 1)
  1. […] Viva Blogosfera #1 […]

  2. poste-2 disse:

    […] Viva Blogosfera #1 […]

  3. […] Viva Blogosfera #1 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 445 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: