Ligando a Sua Criatividade

Click para ampliar

A criatividade é definida como o processo de obter novos arranjos de ideias que solucionem um problema de forma incomum, ou obtenha resultados significativos para indivíduos ou sociedades. Podemos dizer também que criatividade é quebrar de maneira única e original paradigmas estabelecidos. Seja qual for a definição, a verdade é que cada vez mais a sociedade e as organizações valorizam as pessoas que mostram índices elevados de criatividade.

Empresas como Apple e Facebook, com a sua filosofia de inovação e criando produtos muito a frente de seus concorrentes, construíram a ideologia de que é preciso construir uma organização criativa que seja capaz de lidar com problemas e propor soluções inusitadas para o mundo contemporâneo. Steve Jobs (para muitos, Leonardo da Vinci do século XX) é o expoente máximo desse pensamento.

O que diz as pesquisas sobre criatividade?

Um dos mitos que caíram por terra depois de alguns desses estudos é a antiga crença de que a criatividade era um dom e reclusa a poucos. Na verdade a criatividade surge após uma série de fatores que vão de estímulos, conhecimentos e personalidade. A pessoa não nasce criativa, ela desenvolve a criatividade.

Um dos pontos mais essenciais para o desenvolvimento da criatividade é o chamado repertório, ou seja, todo o conhecimento que você absorveu durante a sua vida. Tudo aquilo que você ouviu, leu, viu, sentiu e experimentou fazem parte do seu arsenal de conhecimentos e informações que são a matéria-prima da criatividade. Não que você seja mais criativo porque possui mais conhecimentos, mas um número maior de informações facilita uma quantidade maior de conexões e de idéias únicas.

Duas cabeças criam melhor do que uma.

Outro ponto que a ciência questiona nesses novos estudos é a figura do gênio solitário: Aquele ser que em um surto repentino de perspicácia tem uma idéia vinda do nada, como o Eureka! de Arquimedes. Não que não haja momentos em que ideias surgem da simples percepção de algo, mas a colaboração é essencial para que as ideias surjam mais frequentemente. Os novos estudos revelam que muitas ideias são resultado da coletividade, ou seja, as ideias que surgem em nossas mentes acontecem porque fomos expostos aos pensamentos e ideias de outros. Em muitos casos alguns palpites tiveram que colidir com outros para se tornarem viáveis. Algumas ideias levam anos para emergirem porque falta o complemento dado por outra pessoa. Um exemplo disso foram algumas invenções atribuídas a Leonardo da Vince como o helicóptero, o tanque de Guerra e os barcos a vapor, que só puderam existir muito tempo depois da morte do seu criador, porque precisaram das invenções de outros.

Essa colisão de ideias explica, por exemplo, porque certos momentos da nossa história tiveram um boom de ideias que mudaram o mundo. O Iluminismo e o Modernismo europeus foram movimentos que se abasteceram de trocas entre os envolvidos. Aqui no Brasil temos o caso do movimento Tropicália, que favorecia a troca de ideias entre os músicos, já que os mesmo passavam muito tempo juntos.

Veja o vídeo abaixo que explica esse fato:

Arquimedes na banheira. EUREKA!!!

As pesquisas mostram também a importância do ócio e/ou distração no processo criativo. As ideias são trabalhadas no inconsciente, e não é raro elas aparecerem no meio de um momento de dispersão. Como no caso já citado de Arquimedes e a sua Eureka. Quando em um banho ele descobriu os princípios da flutuação ao ver a quantidade de água que se deslocava quando ele mergulhava. Ou seja, em um momento de liberdade e distração ele teve um lampejo criativo. Às vezes para resolver problemas complexos é importante perder o foco. Perder o foco fazendo algo que goste, como um hobby, pode ter resultados inimagináveis.

Outra dica para maximizar o processo criativo é a quebra de regras e paradigmas. A falha na criatividade está em não pensar algo novo. Por isso é importante nesses momentos nos libertarmos dos nossos pensamentos reguladores. O importante é externar o que está no inconsciente, e só depois estabelecer a lógica.

O erro também aparece como parte fundamental para o processo criativo. Aprender com nossos erros é parte importante, pois fundamenta novas ideias e orienta os caminhos que se deve seguir. Muitas ideias novas foram fundamentadas em cima de erros, e assim aperfeiçoadas. Errar é bom, desde que aprendamos com eles para não cometê-los novamente.

Mas não adianta ter ideias sem fazer com que estas funcionem. Outro fator importante para a criatividade é a vontade de fazer, de dar certo, mesmo que não dê. O segredo é explorar, experimentar e arregaçar as mangas. A criatividade não é privilégio de poucos, mas apenas os loucos são capazes de expor o que ronda as suas cabeças e assim mudar o mundo de alguma forma. Talvez o que esteja faltando para a sua idéia dar certo é só um pouco de ousadia.

Sugestões para estimular a criatividade

1 – Dê importância ao Ócio Criativo: Fique sem fazer nada e sem pensar nos problemas em alguma hora do seu dia. Esse momento é o momento de esvaziar a cabeça, fundamental estado mental para o surgimento dos insights;

2 – Não bloqueie suas ideias: Mesmo que absurdas essas ideias podem gerar frutos, sejam combinadas com outras, ou em momentos propícios. Pensar aparentemente sem sentido é uma ótima maneira de criar associações únicas, estimular ideias criativas e de desconstruir paradigmas;

3 – Tome notas: Crie um banco de dados de suas ideias, mesmo das mais incoerentes, para que não se percam. Ideias não escolhem a hora de surgir e podem se tornar soluções ou projetos;

4 – Não seja preconceituoso: Aceite a diversidade das coisas e evite fazer pré-julgamentos. Às vezes conhecer uma cultura distinta pode ser o elo que faltava para surgir uma grande idéia;

5 – Estude e seja curioso: Como já foi dito antes informações e conhecimento são as matérias-primas da criatividade. Então muna-se de dados. Procure analisar o mundo e treinar a sua percepção sobre as coisas que o rodeiam. Quanto maior for o seu banco de dados, maiores serão as combinações resultantes dele;

6 – Compartilhe: Entre em grupos com interesses comuns ou apenas exponha suas ideias a alguém, como amigo, colegas, professores, superiores e etc. Quem sabe a parte que faltava não está adormecida na mente de um deles;

7 – Questione-se: Porque fazer tudo como manda o figurino? Algumas vezes precisamos de ideias malucas para resolver alguma coisa.

8 – Mantenha o bom humor e divirta-se: Não que seja regra, mas pessoas bem humoradas costumam ser mais criativas. E um truque para dar vazão à criatividade é de fazer algo que dá prazer antes de começar atividades que exijam criatividade. Comigo dá certo.

9 – Experimente: Não adianta manter a sua ideia na cabeça. O melhor de ter ideias é poder experimentar a sua viabilidade. E não tenha medo de errar, como foi dito antes, faz parte do processo.

10 – Siga os seus instintos: Aparecerão pessoas, logo de cara, que vão dizer que não vai dar certo, muitas vezes não sabemos quando estamos diante de uma grande ideia. Siga os seus instintos e experimente, procure pessoas sensatas para expor as suas ideias, cuidado com aproveitadores e copiadores e faça acontecer.

No vídeo e no link abaixo mais algumas dicas:

Como ter ideias criativas

Referências: Revista Isto É (Nov/2008 – Nº 2030), Wikipédia e os vídeos acima.

Imagens retiradas do Efetividade.netspcentercarmotivaomktpessoal.blogspot.com, Super Interessante e cursinhoeureka.cjb.net

E aí curtiu a postagem? Então curti a fanpage do blog e fique sempre informado The Willy Blog Fanpage

Anúncios
Marcado com: , , , ,
Publicado em Criatividade, Dicas, Vídeos
10 comentários em “Ligando a Sua Criatividade
  1. Parabens pelo Blog amigo! Tem DNA de bom espaço. Abração

  2. Taiany disse:

    Bela postagem!

  3. Reinaldo disse:

    Muito bom este artigo meu amigo. Escrita afiada e uma dose de pesquisa. Agora já sei o que devo fazer para ser mais criativo.

  4. Ana Luiza disse:

    Eu quero ganhar o livro *As Crônicas da Terra do Lago * que o blog Desautorizados e a autora Iracy Araujo estão sorteando! http://des-autorizados.blogspot.com/2011/11/promocao-as-cronicas-da-terra-do-lago.html
    Participe você também!

  5. Muito legal. Gostei muito das dicas e dos videos. Hoje em dia as idéias e a criatividade são essenciais pra se ter sucesso nos negócios 🙂

  6. Max Oliveira disse:

    muito bom o artigo, fiquei super focado, agora sei como ser criativo.

  7. Izabella disse:

    …”construíram a ideologia de que é preciso construir uma organização criativa que seja capaz de lhe dar com problemas e propor soluções inusitadas para o mundo contemporâneo.”

    Você quis dizer LIDAR, ao invés de LHE DAR

  8. Fábio disse:

    Ótimo artigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 445 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: