Insight #2 – Projeto Missão

O Projeto Missão na verdade era uma brincadeira que uns amigos e eu inventamos e que anos mais tarde verifiquei que há uma aplicação pedagógica para ela. Assim como nas forças armadas o intuito era subir de patentes, porém, para alcançá-las os cadetes tinham que cumprir determinadas provas impostas pelo líder. Na época a brincadeira tinha mais o objetivo de divertir do que de desenvolver habilidades, mas muitas das etapas envolviam aspectos claramente pedagógicos.

Claro que alguns aspectos do bairro onde eu morava contribuíram com o desenvolvimento da brincadeira, como a proximidade com a natureza, mas pode ser adequado para qualquer tipo de ambiente.

Mostrarei os aspectos da brincadeira que podem ser adaptados para as suas necessidades.

1 – Missões e Insignias

insigniasO objetivo da brincadeira é subir de patentes (as patentes são determinadas pelo líder) e criar uma reputação respeitável na brincadeira. Para isso o cadete deve cumprir missões e ganhar as insignias que representem cada missão, mais ou menos parecida com as utilizadas por escoteiros e desbravadores.

As missões devem ter grau de dificuldade gradativo. Algumas serão em equipe e outras individuais, dependendo das determinações do líder.

Com o passar do tempo os cadetes que subirem de patente ficarão responsáveis por uma equipe e de certa forma são embaixadores da brincadeira. Lembro que na minha infância a brincadeira foi tão legal que espalhou-se pelo bairro.

2 – Testes de Raciocínio e de Inteligencia

Além das missões mais inocentes, como subir em determinada árvore ou coisas do tipo, o líder fazia testes de inteligencia e raciocínio com os cadetes, como perguntas de conhecimento geral e etc. Na época eu tinha uma ampulheta e o cadete tinha que responder no tempo, caso contrário era obrigado a correr no quarteirão.

Os testes eram bem variados e eram resultantes de jogos de tabuleiros, revistas e outras coisas da época. No projeto missão o cara tinha que ser inteligente também (risos).

3 – Trabalhos de Construção

hqdefault

As armaduras eram mais ou menos assim.

Uma das etapas que mais gostávamos e que hoje faz mais sentido pedagógico eram as missões de construir coisas, como armadura de papelão, carrinhos de rolimã, cabanas com gravetos e folhas, armas de brinquedo, arco-e-flecha e a famosa Flecha de Guilherme Tel (uma besta caseira). Tirando a parte das armas, que podem ser perigosas, esta parte pode ser muito interessante pois eramos incentivados a planejar e construir para ganhar as insignias.

4 – Missões de Força, resistência, agilidade e equilíbrio.

Estas eram as missões clássicas, desde brincadeiras como polícia e ladrão, pular de uma árvore para a outra, subir em algo difícil, se equilibrar em um muro por tempo determinado, rastrear alguém na mata ou em uma casa abandonada, enfim, eram inúmeras alternativas.

5 – Brasões, codinomes, gritos de guerra e outros símbolos

Os membros da brincadeira tinham que criar os seus codinomes, brasões das suas equipes, gritos de guerra e uma variação enorme de símbolos. Era muito legal ver o pessoal criar toda essa simbologia.

Enfim, não dá pra lembrar tudo, pois já fazem no mínimo uns 20 anos essa brincadeira, mas era uma ótima forma de passar o tempo com os meus amigos e ainda desenvolver certas habilidades. E Qualquer semelhança com os Escoteiros e Desbravadores é mera coincidência, pelo menos na época, pois onde morei não tinha polo de nenhum destes grupos. Aliás, grupos como Escoteiros e Desbravadores podem ser uma excelente alternativa de atividade para crianças e jovens.

Uma ótima brincadeira para ser estimulada entre as crianças, pois desenvolve-se habilidades como espírito de liderança, trabalho em equipe, disciplina, criatividade, proatividade entre outras. É uma atividade que pode ser feita em família, na escola, na igreja entre outros círculos sociais, aliás penso em aplicar este recursos quando tiver filhos.

Curtiu o post? Então comente, compartilhe, assine o nosso feeds e siga-nos nas redes sociais. O Willy Blog sempre disponibiliza conteúdo de qualidade e relevante para construirmos um mundo mais inovador. Conto com você para construí-lo juntos!

Anúncios
Marcado com: , , ,
Publicado em Insights

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 445 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: