Conselhos que eu me daria quando jovem

artistas_jovens_adultos2

Quais conselhos o Steve Jobs daria pra ele mais jovem?

Muitas vezes vem à minha cabeça se existisse a possibilidade de mudar o meu passado, o que eu faria? Não se trata de arrependimento (pelo menos não muito), pois tudo o que eu vivi foi extremamente importante para o meu aprendizado. Mas considero que em algumas situações fui mal orientado ou fiz más escolhas, a verdade é que revendo o que eu vivi, tenho certeza que em alguns pontos eu poderia ter feito melhor. Também não vou ficar remoendo o passado e choramingando, mesmo que eu tenha perdido algumas coisas, ganhei várias outras e não há nada que eu não possa fazer, sim, ainda muito para realizar, e os nossos sonhos só morrem quando paramos de alimentá-los, o que ainda não aconteceu comigo.

Mas se eu pudesse voltar no tempo e me dá alguns conselhos (creio que sejam ótimos conselhos para outros jovens também) eu daria estes:

1 – Acredite nas suas ideias

É até clichê, mas acreditar em você e nas suas ideias é extremamente poderoso. Infelizmente algumas vezes me convenci do contrário e vi muitas das minhas ideias sendo realizadas por outras pessoas (como quando eu fiz um trabalho na faculdade integrando o Google Tradutor e o Orkut, criando assim algo bem parecido com a tradução instantânea do Skype, ou quando eu pensei em um jogo usando realidade ampliada anos antes da concepção de Pokémon Go). Não, ninguém roubou as minhas ideias, mas em um mundo de 9 bilhões de pessoas não dá para acreditar que a sua ideia não será pensada por outra pessoa, e ideias todo mundo tem, a grande diferença é investir nelas. Então jovem, invista nas suas ideias, se não der certo, pelo menos você tentou.

2 – Acredite em você

Claro que para você acreditar em uma ideia, você precisa primeiramente acreditar em você. Não deixem que os outros acabem com sua autoestima, se você quer algo, corra atrás, vá a luta e acredite, você pode. A diferença entre o fracasso e o sucesso muitas vezes está na resiliência e isso é questão de quantas vezes você cai e consegue levantar. Acreditar em você mesmo quando os outros não acreditam é o caminho para as realizações, veja quantos exemplos nós temos de pessoas que foram contra tudo e todos e deixaram a sua marca no mundo.

3 – Junte-se com pessoas com objetivos semelhantes

Sempre fui muito criativo e pró-ativo, no meu tempo livre escrevia cenários e aventuras de RPG, músicas e vários outros projetos. Quis compartilhar tudo isso com os meus amigos mais próximos, mas enquanto eu criava eles estavam mais afim de curtir baladas, nada contra, mas não estávamos na mesma vibe. Depois de um tempo descobri que existiam outras pessoas inventivas em projetos semelhantes e me uni à elas, e foi sensacional, fizemos muita coisa. Então meu jovem, procure pessoas que compartilham interesses com você. Hoje, com as redes sociais é fácil encontrá-las. Compartilhe as suas ideias e ajude no desenvolvimento da ideia dos outros.

4 – Crie um coletivo

Um complemento do tópico acima, pois um coletivo é a junção de pessoas com os mesmos propósitos e objetivos, seria como uma espécie de evolução em relação ao primeiro. Primeiro as pessoas se unem e depois começam a tocar juntos os seus projetos , de forma que estes sejam mais facilmente executados ou se aprimorem (escreverei um post sobre isso outro dia). Exemplos não faltam de coletivos que deram certo e se tornaram grandes projetos, como o canal do Youtube Porta dos Fundos ou os humorísticos Hermes & Renato e o consagrado Monty Python.

5 – Procure orientação

Este talvez seja o mais difícil dos itens listados, encontrar alguém que te oriente adequadamente. Eu creio que muitas vezes eu fui mal orientado e por isso em algumas situações não desenvolvi todo o meu potencial para algo, e depois tive que correr atrás do prejuízo. Vejo que isso acontece com muita frequência e que existem muitos jovens criativos, inventivos e empreendedores por aí, mas muitas vezes eles são mal orientados. O bom orientador (e esse pode ser um pai, professor, pastor e etc.) deve mostrar como o jovem pode extrair o melhor de si e não ter preconceitos quanto à carreiras e projetos.

6 – Dê importância para os estudos, mas não tanto assim

Calma, não estou dizendo que os estudos não são importantes, mas o modelo educacional de hoje reprime a criatividade, inventividade e individualidade, e isso inclui as faculdades e universidades. Sou bacharel em Comunicação Social e muitas vezes me vi fazendo atividades desnecessárias. Sei que todo conhecimento é importante, mas muitas vezes o excesso de informação tira o foco de coisas mais importantes. Às vezes nos dedicamos muito à compreender o conteúdo, mas deixamos de procurar experiências mais engrandecedoras. Livros, teorias e todo o conhecimento teórico é importante, mas sem a prática, sem esse conhecimento sendo aplicado, de nada serve. Perdemos muito tempo, e isso é sério, vendo conteúdo ou fazendo trabalhos desnecessários, quando poderíamos potencializar esse tempo e focar em atividades mais produtivas. Outro ponto que questiono é a necessidade de um curso superior hoje (mas isso deixo para outro post).

7 – Pense diferente e seja empreendedor

Nossa sociedade e modelo educacional nos prepara sermos todos iguais, ou seja, ter um emprego estável, uma família e depois se aposentar. O problema é que há tempos essa dinâmica tem mudado e não estão nos preparando para o mundo de hoje. Empreender hoje é mais que uma questão de se diferenciar, é uma questão de sobrevivência. E você não precisa ser necessariamente um empresário para empreender, você pode fazer isso na escola, na faculdade, ou em qualquer outro lugar. Ah, e não se culpe por isso. Acredite, são os empreendedores que mudam o mundo.

8 – Livre-se dos preconceitos

Não estou falando somente de racismo, machismo, homofobia ou religioso (aliás isso não devemos carregar nunca), digo de todo e qualquer tipo de preconceito. Quando se é jovem se tem na cabeça que o seu pensamento é o único certo e que os outros é que estão errados, aí você acaba se fechando para um monde de experiências fantásticas. Eu curti rock quando jovem, e o problema é que eu só curtia rock. Ouvir falar de qualquer outro estilo musical não me interessava, e por isso perdi muita coisa boa. Eu cresci e abri o meu leque e isso foi engrandecedor. Quando nos fechamos para algo sem ao menos nos dá a oportunidade de conhecer ou tentar compreender acabamos nos limitando e rotulando e isso é ruim para o nosso desenvolvimento.

9 – Aprenda equilibrar as coisas

Esse é um ponto complicado, pois quando se é jovem temos a tendência de sermos intensos em tudo, mas saber equilibras as coisas é essencial para alcançar o nosso potencial pleno. Eu vejo muitos jovens inteligentes perdendo muitas oportunidades porque só querem curtir o momento, outros se metem em relacionamentos autodestrutivos e também não rendem o que poderiam render (essa segunda eu tenho propriedade para falar), e muitos outros, até tem sonhos, mas não correm atrás para realizar. Aprenda a dosar as coisas, você não precisa abrir mão de amores ou das festas, mas precisa priorizar outras coisas também.

10 – Aproveite enquanto você é jovem

Sempre há tempo para correr atrás dos nosso sonhos, mas a verdade é que quando envelhecemos as coisas vão ficando mais difíceis. O corpo e a mente não são mais os mesmos e começamos a possuir algumas limitações. Muitas vezes responsabilidades como trabalho e família nos impedem de focar em outros projetos. Aproveite essa energia que você tem, esse espaço livre no seu HD mental e corra atrás dos seus objetivos.

Tenho certeza que os conselhos que eu daria a mim mesmo pode ajudar vários jovens. Espero que tenham gostado do post e para mais conteúdo de qualidade fique ligado no blog, assine o feeds ou fique conectado pelas redes sociais.

Imagem: Tricurioso.com

Marcado com: , , ,
Publicado em comportamento, Dicas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 447 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: